info@slowtravelers.com.br  -  Telefone: +55 (41) 9887-4403 (WhatsApp)

EMOCIO EXPERIENCIA E PROJETOS LTDA. - CADASTUR: 14.967.001/0001-14 - Rua Padre Anchieta, 2128 - 80730-000 Curitiba - PR (Brasil)

AURORA  BOREAL e a CULTURA SAMI

uma experiência MÁGICA

JAN / FEV 2019

DIAS 

22-31/jan  |   31/Jan-09 fev  |  10-19/fev

Experiências

Vida Selvagem

Paisagens Polares

Gastronomia

Cultura Regional

10 dias

Duração

Ricardo

Takamura

Paisagens

Noturnas

Criada e organizada nos mínimos detalhes. Uma oportunidade extraordinária para desfrutar e fotografar um dos mais magníficos espetáculos da natureza: a dança das luzes do norte, formada sobre o mítico Círculo Polar Ártico.

 

Estaremos por 10 dias em uma das melhores regiões do planeta e em uma das melhores estações para observação do fenômeno.

 

Nessa viagem buscaremos as auroras e suas melhores imagens. Percorreremos o manto branco que cobre uma natureza maravilhosa, decorada com densos bosques nórdicos, estreitos vales e colinas cortantes, ao lado dos surpreendentes lagos gelados da Lapônia.

 

Uma expedição onde a observação das auroras será também o grande motivador para vivenciarmos diversas outras experiências inesquecíveis. 

AURORAS BOREAIS

A aurora polar é um fenômeno ótico, composto de um brilho observado nos céus noturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre.

 

Nas latitudes do hemisfério norte é conhecida como aurora boreal ou luzes do norte. Como ocorre com todo fenômeno natural estaremos sujeitos à algumas incertezas mas a slowTRAVELers desenhou este roteiro pensando na melhor época, nos melhores locais e na melhor duração para que tenhamos maior probabilidade de vivenciar essa incrível experiência.

A cidade de Alta, com 20.000 habitantes, é a maior cidade mais setentrional da Noruega e situa-se nos domínios do fiorde Altafjord. O primeiro observatório de Auroras Boreais foi construído lá no final do século XIX e conferiu à cidade de Alta o título de Cidade das Auroras Boreais.

 

Embora tenham outras cidade turísticas na Noruega, de acordo com as propostas de nossas viagens, escolhemos a cidade de Alta e a região da Finnmark porque:

1. Melhores possibilidades para a caça das auroras;

2. Número de turistas menor do que outras regiões da Noruega; 

3. Mais horas de escuridão;

4. Menos poluição luminosa pois a densidade populacional é menor;

5. Alta está exatamente abaixo do círculo oval das auroras, portanto podemos ver as auroras pelo sul ou norte;

6. Alta e a região de Finnmark se caracterizam por um clima frio e seco o que gera poucas nuvens e céus abertos, diferente do litoral onde o clima é instável.

O POVO SAMI

O Sami é um povo indígena único na Europa. Os "lapões", (ou "saami" como são denominados nos países nórdicos), caracterizam-se como um povo indígena muito semelhante aos Inuit (esquimós) na América do Norte, aos "índios" na América do Sul e os aborígenes na Austrália.

 

Os Sami têm uma cultura própria e distinta das outras culturas nórdicas, onde as atividades tradicionais são a caça, a pesca, a agricultura e a criação de rena, onde esta última implica muitas vezes em uma vida nômade conduzida, hoje em dia, por uma minoria.

 

A origem dos Sami pode ser confirmada numa carta enviada por um viking ao rei Alfred da Inglaterra no final do século IX onde ele narrava o modo de vida dos lapões que migravam no Verão para as regiões litorâneas com as suas renas. Ainda mais antiga é a referência do autor Tácitus sobre os "scritofinni" ou o povo que anda de esqui.

Os lapões são um dos maiores grupos indígenas da Europa, totalizando cerca de 70.000 pessoas, das quais 17.000 vivem na Suécia, 35.000 na Noruega, 5.700 na Finlândia e 2.000 na Rússia.

EXPERIÊNCIA CULINÁRIA

Esta expedição tem um foco muito forte na culinária. Pela experiência que temos, sabemos que os expedicionários adoram a aventura gastronômica que se oferece. Só assim poderemos conhecer os costumes e tradições e degustar pratos que são difíceis de encontrar nos poucos restaurantes existentes por lá. Portanto esteja pronto para curtir uma culinária típica da região.

 

Pela dinâmica das atividades na Noruega, não haverá possibilidade de fazer o almoço do jeito que costumamos fazer no Brasil. Mas podemos garantir que todas as refeições possíveis estão inclusas.

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Vimeo